29 julho 2015

Socorrismo Pediátrico na Red Apple

 
A semana passada participei numa formação que já tinha debaixo de olho há algum tempo, mas ainda não tinha conseguido fazer: Socorrismo Pediátrico. Apesar de não ter tido oportunidade de escrever sobre isso logo nos dias seguintes, não podia deixar de falar deste workshop que fiz na Red Apple, no Parque das Nações.

Gosto de aprender coisas novas, renovar conhecimentos. Hoje em dia há muitas opções de formação sob as mais variadas formas (workshops, webinars, cursos de longa ou curta duração, etc.) e ainda bem porque acho muito importante estimularmos o nosso cérebro. Além  da minha vontade constante de não ficar parada, o tema deste workshop era algo que me interessava, não só por ter duas filhas pequenas mas por poder vir a ser útil com qualquer outro familiar, amigo, um colega de trabalho, um desconhecido na rua.


 
Durante as oito horas do workshop, foram vários os temas abordados, desde uma apresentação do Sistema Integrado de Emergência Médica (o que é, como funciona), passando pelas complicações mais comuns até às mais extremas e claro, a componente prática, com exercícios de Desobstrução da Via Aérea, Posição Lateral de Segurança e Suporte Básico de Vida. Sendo considerada pediátrica a faixa etária dos 0 aos 18 anos, todos os casos apresentados foram explicados tendo em vista três subdivisões por idade (bebés, crianças e adolescentes / pré-adultos), pois consoante a idade e a fisionomia da vítima, também a forma de atuar varia - mesmo sendo ainda considerada pediátrica a idade de 16 ou 17 anos, alguém desta idade já terá tratamento idêntico ao de um adulto. Conceitos, sintomas, procedimentos a tomar caso a caso, foi tudo muito bem explicado, além de terem sido desmistificadas algumas teorias que por aí se contam... A Enfermeira Patrícia Jorge é uma formadora cinco estrelas! Muito simpática, acessível e experiente, deu-nos vários exemplos práticos e deixou-nos completamente à vontade para colocar dúvidas e darmos os nossos próprios exemplos e testemunhos. Gostei muito de ter feito este workshop com ela.

Saber alguns procedimentos de socorrismo é muito importante, aliás, penso mesmo que deveríamos ter formação nas escolas de forma a abranger o maior número de pessoas possível porque por vezes as manobras de salvamento feitas pelo pessoal médico de emergência não resulta como poderia por não terem sido devidamente prestados os primeiros socorros. Se eu já achava que saber técnicas de primeiros socorros era importante, depois deste workshop fiquei ainda mais certa disso.

Além da importância do tema e de ter ficado satisfeita com a formação em si, foi um dia muito bem passado. Todos os elementos da turma, que não era muito grande, eram simpáticos e bem dispostos; criámos uma boa empatia entre todo o grupo, formadora e formandos. Esta empatia tocou-me em particular porque o workshop era para ter sido numa outra data, mas acabou por ser adiado para... o dia do meu aniversário! E já que não passei o meu dia de anos com a minha família, ainda bem que o grupo era animado! Até tive direito a uma pequena surpresa a seguir ao almoço - um "mini bolo de aniversário" e um postal de Parabéns improvisado :) :)



De referir também a disponibilidade e simpatia da Ana Mendes, da Red Apple, por telefone, mail e pessoalmente. Foi com ela que tratei da minha inscrição e foi também ela que me recebeu com um caloroso "Bom dia! É a Tânia? Então parabéns!" quando lá cheguei naquela manhã. Ter-se lembrado que era o meu aniversário só porque eu tinha comentado isso ao telefone quando falámos sobre o adiamento do workshop foi muito querido da parte dela e deu-me logo um ânimo extra para estar ali naquele dia.



Isso e o ambiente acolhedor da Red Apple, cujo espaço está muito bem conseguido - bonito, luminoso e inspirador. Valeu bem a pena e espero lá voltar!

 


Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)