11 maio 2015

Ser mãe (ou pai) é uma evolução contínua!


Este sábado ia fazer um workshop relacionado com um assunto que descobri há pouco tempo mas pelo qual me senti desde logo interessada: parentalidade positiva. Sei que não é um tema novo, mas ainda é desconhecido para muita gente e eu, em boa verdade, sou mãe há apenas dois anos... Mas é algo que realmente me agrada, esta filosofia de educação em que o objetivo é educar de uma forma mais positiva e consciente, atenta à autoestima das crianças, com menos gritos e com menos birras por parte dos pequenos também (gradualmente, afinal elas fazem parte do processo de crescimento). Tratá-los como pessoas inteligentes que são, únicas e em crescimento, mas mantendo a nossa posição de pais, sem os lembrar que somos pais por motivos menos pedagógicos.
 
Há quem diga que é uma moda, mas também diz-se isso de muita coisa que não o é, ou não devia ser, e só quem entende os verdadeiros fundamentos e objetivos, compreende as "modas" e as segue.
 
Como estava a dizer, ia fazer um workshop mas infelizmente não o pude fazer porque não haviam inscrições suficientes para avançar com a formação, para grande pena minha. Mas mesmo sem ter feito o workshop, com o pouco que li até agora, tenho experimentado fazer algumas coisas de forma diferente com as minhas filhas. Posso dizer que, não sendo elas muito birrentas (embora também tenham os seus dias e as suas horas), este fim de semana houve muito menos choros e birras cá em casa e mesmo os que houve duraram pouco tempo.
 
Agora quero continuar a ler sobre o assunto, quer sejam livros ou blogues dedicados à parentalidade positiva, para aprofundar conhecimentos e melhorar a minha maneira de ser, enquanto mãe e enquanto mulher. Se quiserem ler mais sobre tudo isto, podem pesquisar por parentalidade  positiva, parentalidade consciente ou ainda mindfulness.
 
Por aqui, vou lendo, estudando, testando e vou partilhando que progressos temos tido.
Boa semana! :) :)
 
 
Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)