28 maio 2016

Porque as crianças seguem o exemplo dos pais...

... temos de prestar mais atenção ao que dizemos e fazemos :)

As princesas cá de casa adoram-se e não gostam de ficar separadas uma da outra, no entanto, como acontece com quase todos os irmãos, não são poucas as vezes em que se chateiam e puxam o cabelo ou batem uma na outra (felizmente, a fase das mordidelas com força já passou!). Ora, para evitar ou diminuir o número de vezes que isto acontece, pedimos-lhes ajuda em tarefas simples para estarem entretidas. Uma manhã destas, disse-lhes que não queria que trouxessem mais brinquedos para o nosso quarto (já estávamos a ficar atrasadas e elas a trazerem as cadeirinhas de plástico para se sentarem a pintar...!) e que tinham de os ir arrumar, ao que a H respondeu "arruma tu!"... Pois... Lá expliquei mais uma vez que "não há criados cá em casa, todos devem ajudar, começando por arrumar o que cada um desarruma, vocês também" e ela ficou um instante a olhar para mim, pegou na cadeira e no livro e levou-os para o quarto delas sem dizer mais nada. Fixe! pensei eu. Pouco tempo depois, quando me calcei para sair de casa, fiz uma pergunta da qual me arrependi automaticamente pois ia contra o que tinha dito antes: quem é que arruma hoje as minhas pantufas? Juro que ainda nem tinha acabado de perguntar e já me estava a cair a ficha! Devia ter dito antes "quem me ajuda a arrumar as pantufas"... Claro que não precisei de esperar muito para ouvir um "arruma tu" mas num tom de "mãe, não ouviste nada do que disseste há bocado?". Tens razão filhota, se fui eu que as desarrumei tenho de ser eu a arrumá-las, disse-lhe eu.

E elas até dizem muitas vezes "trabalho de equipa!" e gostam de nos ajudar, de se sentirem úteis e mais crescidas, mas nem dessas palavras me lembrei na altura, oops! Isto de ser e dar o exemplo tem que se lhe diga, bolas! Temos mesmo de prestar atenção a "como e por onde andamos" porque os filhos seguem os nossos "passos"...

(ele tem fotos muito, muito boas, este efeito desfocado foi aplicado por mim)


Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)