30 dezembro 2015

Escolher um carrinho de gémeos


Quando há uns dias escrevi o post em que publiquei duas fotos minhas, uma ainda grávida e outra já com as minhas filhotas ao meu lado, lembrei-me que foi por aquela altura, por volta do Natal, que compramos o nosso carrinho. Vai daí, achei que talvez fosse interessante partilhar algumas dicas sobre como escolher um carrinho de gémeos, o que ter em atenção na hora de escolher aquele que será o "companheiro de estrada" dos futuros papás! Afinal de contas, não é uma compra qualquer, é bem grande (em tamanho e em preço!...) e por muito que se pense que se está preparado, que sabemos o que queremos, poderá haver algum pormenor a escapar. Por isso mesmo, aqui fica esta pequena lista que espero que vos ajude, se estiverem à espera de gémeos e a começar agora o processo de escolha do vosso carrinho!

  • Sempre que possível, vejam o carrinho ao vivo (muitas das vezes, o que as lojas têm para mostrar está apenas em catálogo).
  • Mais importante do que ver ao vivo, é experimentar o carro para perceberem se terão dificuldades a manuseá-lo: andem um pouco com ele, abram-no e fechem-no, vejam o espaço que ocupa fechado...
  • Lembrem-se que estão a experimentá-lo sem bebés (peanuts!), imaginem como será depois - isto para vos alertar para o peso do equipamento (carrinho, cadeiras de segurança) e para o sistema de abrir / fechar, que deve ser prático para demorarem o menor tempo possível e evitar stresses... Costuma dizer-se que um carrinho deve ser prático ao ponto de se conseguir fechar mesmo tendo o bebé ao colo; claro que com gémeos não dá para ser assim, mas a ideia base parte do mesmo: digam NÃO aos carros que vos dificultem a vida!
  • Rodas maiores ajudam a distribuir melhor todo o peso suportado, além de reduzirem a sensação de desconforto nos bebés causado pelos eventuais solavancos ao andarem na rua.
  • Capas para a chuva, capotas para o sol, cobre-pés, saco muda-fraldas... informem-se sobre o que traz cada um dos modelos que vos interessar, para compararem e verem o que vos interessa e compensa mais.
  • Um pormenor importante e no qual muitas vezes não se pensa é "este carro cabe na bagageira do meu automóvel?" e se isto acontece até a quem procura um carro simples, com um gemelar pode tornar-se ainda mais complicado! Vejam bem as medidas e, se possível, façam o teste de arrumar o carrinho no vosso automóvel (em algumas lojas há essa possibilidade, eu fi-lo).
  • No universo da puericultura existe uma panóplia de equipamentos para dar o máximo conforto e bem-estar aos nossos bebés... e é tanta a variedade que, com um pouco de sorte, algumas coisas nem chegam a ser usadas! E ao falarmos de carrinhos também nos deparamos com este "fenómeno" - há os chamados "ovos", que são obrigatórios para os automóveis, e há as alcofas, que por muito confortáveis que sejam para os bebés, não são permitidas nos automóveis, por questões de segurança. Ora, algo que desconhecia (porque nunca tinha comprado carrinhos de bebé) é que, ao contrário dos carrinhos simples em que há duos e trios que trazem logo o conjunto todo, nos carrinhos gemelares é tudo comprado à parte... assim sendo pensem bem no uso que vão dar a cada elemento para evitar gastos desnecessários. Nós optamos por comprar apenas o carro e os ovos, não compramos as alcofas.
  • Lado a lado ou em fila?? É uma escolha pessoal, não há melhor ou pior. Em termos de convivência entre os bebés, os lado a lado permitem uma maior proximidade (para o bem e para o mal, ou seja, tanto quando estão de bom humor ou a embirrar um com o outro!), se bem que há modelos de carrinhos em fila em que é possível virar os bebés um para o outro, o nosso era assim. Passar nas portas todos passam, à partida, mesmo os lado a lado pois não ultrapassam a medida da largura standard das portas (quanto aos elevadores... há uns mais complicados, mas para qualquer tipo de carrinho - têm de se fechar e levar à mão!); a vantagem dos carrinhos com os lugares em fila poderá ser na rua, nos passeios onde encontramos postes, carros mal estacionados (nestes casos, às vezes nem com um carrinho simples dá para passar, quanto mais com um duplo...), etc.

That's all folks! É mais ou menos isto, que me lembre foram estes os aspetos que vimos quando escolhemos o nosso carrinho. Posso ainda acrescentar que o compramos na Prénatal do Sintra Retail Park, onde pudemos ver pessoalmente mais do que um só modelo, ao contrário do que aconteceu em todas as lojas que visitamos antes, em que tinham apenas um carro em exposição ou nem isso e só podíamos ver catálogos... Lembro-me de ver um carro num catálogo de uma loja cujo valor total era tão alto sem ter nada de especial que o justificasse que, para nós, pareceu absurdo; ainda para mais, não se comprava um carro, compravam-se peças que se iam adaptando à estrutura base de forma a ser um carro de gémeos! Por outro lado, cheguei a ver um bem mais barato mas rapidamente percebi que o preço não iria compensar: quando pedi à funcionária da loja para o fechar vi a dificuldade que ela teve em perceber como o fazer e quando finalmente o fechou... ele não era propriamente compacto, não soube sequer se conseguiria fechar a bagageira com aquilo assim. Este tipo de carros requer algum investimento, mas lembrem-se que o investimento em certos detalhes compensará futuramente em tempo, paciência e energia! E podem sempre escolher determinado modelo e procurar um usado, estando em condições é uma boa aposta e poupam para tantas outras coisas que ainda faltarão comprar ;)


Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

2 comentários:

  1. Boas dicas. Pena não ter encontrado nada do género quando andei para comprar o meu carrinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Por também ter sentido essa necessidade é que pensei neste post, bem como nuns mais antigos com as listas de enxoval para gémeos... Esperemos que chegue a outras mamãs que ainda estão nesta fase :)

      Um Bom Ano para si e obrigada por ter comentado! :)

      Eliminar

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)