05 outubro 2015

É tudo uma questão de percentagens. . .

Foto: Célia Lopes Fotografia

E não, não estou a falar dos resultados eleitorais, apesar de ter sido o tema do dia de hoje. Estou a falar das mais variadas situações que os pais de gémeos vivem diariamente e nas quais têm mais 50% de hipótese de conseguir algo que os outros pais - seja algo muito bom ou algo mais chato... Por exemplo, noites mal dormidas: há quem tenha a sorte de ter filhos que dormem a noite inteira desde bebezinhos (seus sortudos!) e há quem só consiga voltar a dormir bem quando os filhos já têm 3 ou 4 anos. Ora, aqui em casa deve ter calhado a rifa da segunda opção porque as princesas já têm dois anos e meio e ainda não recuperámos o tempo das noites dormidas por inteiro, mas para ajudar à festa temos a agravante da tal percentagem, os tais 50%... Enquanto uma adormece e só acorda no dia seguinte, a outra acorda algumas vezes, choraminga e remexe-se muito na cama - logo, a maioria das vezes que acordamos e nos levantamos durante a noite é graças a ela, a pequena H.

Esta noite ela até dormiu bem (vá, menos mal) porque só acordou uma vez. Mas eis que a percentagem dos 50% nos trama... e a B passa a noite a chamar a mamã e a querer que eu fique ao pé dela e nem com uma luzinha acesa a coisa melhora... Ou seja, quando somos pais de gémeos vivemos momentos mágicos e únicos, mas também temos o dobro da probabilidade de termos situações menos "cor-de-rosa" e noites mal dormidas! O exemplo que, tendo em conta a noite passada, hoje mais me ocorre :(


Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)