01 abril 2015

Pequenas coisas que fazem uma grande diferença na vida dos pais de gémeos


Hoje partilho convosco algumas ideias e sugestões que podem fazer uma grande diferença na gestão de tempo dos pais de gémeos. Ah! E também contribuem para tentar manter as coisas organizadas, nomeadamente a nossa cabeça! Se leram este post que publiquei em setembro, verão que há dois ou três pontos que repito agora neste, mas isso é porque acho que são importantes, daí estar a falar deles novamente.

São, como disse, sugestões. Algumas foram-nos indicadas por outras pessoas, outras são ideias que nós fomos tendo à medida que a necessidade nos ia levando a isso. Assim sendo, lamento informar que não foram cientificamente estudadas, mas têm sido vivencialmente provadas por nós aqui em casa! ;)

Aqui vão elas...
  • Estabelecer rotinas - este, quanto a mim, é o ponto principal, quer para o bom desenvolvimento e aprendizagem das crianças, como para a gestão de tempo e organização dos pais.
  • Acima de tudo, ser prático - mesmo que não sejam pessoas práticas por natureza, acreditem que isso vai mudar! Ao longo desta lista verão alguns exemplos do que quero dizer com ser prático...
  • Escolher roupas que sejam fáceis e rápidas de vestir / despir, principalmente em dias de consultas no pediatra - se para o senso comum "tempo é dinheiro", para os pais de gémeos o tempo vale ouro! Cada muda de fralda (ou de toda a toilette quando eles se sujam todos) demorará menos se as roupinhas forem práticas, e sendo dois bebés, têm de contar com o dobro do tempo (ou mais, no caso dos trigémeos, quadrigémeos...).
  • Ter sempre o saco muda-fraldas pronto para sair de forma a demorarem o menor tempo possível a saírem de casa com os gémeos - tudo quanto possa estar sempre a postos facilita imenso, deixem para juntar ao saco na altura da saída apenas itens como biberões esterilizados, leite em pó e termo com água quente, etc., por exemplo.
  • Apontar os horários das refeições dos bebés e outros detalhes para que não tenham de se lembrar de tudo de cabeça - por muito boa memória que tenham, com o cansaço e as muitas coisas que terão de tratar será melhor criarem auxiliares de memória até para coisas que vos pareçam muito simples. Isto é recomendado numa fase inicial, com o passar do tempo verão até quando têm necessidade de fazer este género de diário.
  • Ao arrumar as roupas, distribuí-las logo em pares, quer vistam as crianças com roupas iguais ou diferentes (aconselho principalmente neste último caso).
  • Nos primeiros tempos, os bebés podem dormir na mesma cama (se optarem por camas de grades): é bom para eles se sentirem acompanhados um pelo outro e, a não ser que tenham um quarto bastante generoso em termos de espaço, permite mais facilmente ter os bebés a dormir no mesmo quarto dos pais - lembrem-se que vão levantar-se várias vezes por noite; em pouco tempo poderão mudar os gémeos para o quarto deles, mas no início facilita estarem todos no mesmo quarto.
  • Economizar no que puderem, de modo a poupar dinheiro e espaço em casa - não têm de comprar tudo em duplicado (consultem a Lista de Enxoval para Gémeos, que também já publiquei dividida em quatro posts) e pensem na hipótese de comprar algumas coisas usadas e pedir outras emprestadas.
  • Ter sempre artigos de primeira necessidade em stock (por exemplo, fraldas, leite em pó, cremes muda-fralda, etc.) poupa tempo em deslocações ao supermercado e à farmácia além de ajudar a minimizar o desgaste de estar constantemente a pensar no que precisam e não precisam de comprar - é certo que as idas ao supermercado serão mais frequentes, mas no que puderem poupar a vossa cabeça, todas as ferramentas serão preciosas! E aproveitar para comprar em maior quantidade coisas que se gastam com mais frequência quando estão em promoção também é uma boa ajuda para a carteira!
  • Quando os bebés já comerem sopa, se tiverem uma arca congeladora podem também comprar mais legumes do que os que vão precisar nessa altura para fazer sopa. Preparem os legumes "a mais" como se fossem já cozinhá-los, mas separem-nos por sacos e congelem-nos - na(s) próxima(s) vez(es) que fizerem sopa, já terão essa parte adiantada! Há quem congele sopas já feitas, é outra hipótese, mas nós cá em casa preferimos fazer assim.
  • Ainda nas sopas... as minhas filhas ainda não foram para o jardim-escola, pelo que temos de ter sempre sopa para o almoço e para o jantar delas e por isso fazemos algo que não fará muito sentido a quem só tenha de ter sopa para o jantar - depois de feita, a sopa é logo distribuída por várias tigelas com tampa, assim ficamos logo com as doses de sopa preparadas quer seja para comer em casa ou para levar para casa da avó ou outro lado qualquer, além de que também sabemos logo quando vamos ter de fazer sopa outra vez, evitando esquecimentos :)
       Já agora, por curiosidade, mostro-vos uma foto do interior do nosso frigorífico...

  • Comemorar as pequenas conquistas do dia a dia e a alegria de ter gémeos, mesmo que se sintam no meio do caos - no fundo, é agradecer e celebrar a vida que têm e lembrarem-se de que, antes de pais dos gémeos, já eram um casal e continuam a ser. É importante para a saúde da relação terem, quando possível, momentos para os dois (nem sempre é fácil, mas há que fazer por isso).
  • Tal como não se devem esquecer de que são um casal, também a mãe não se pode esquecer que é mulher: ser mãe de gémeos não anula que somos mulheres. Durante os primeiros dias será um pouco mais complicado a mãe arranjar-se, mas à medida que o tempo vai passando deve tentar voltar a vestir-se, maquilhar-se, usar acessórios de moda, etc., como antes, se bem que adaptando tudo à nova realidade (por exemplo, saltos altos e brincos ou colares grandes não são os mais indicados) - sentir-se bonita ajuda a levantar a autoestima e a minimizar o risco de depressões.

Resta-me dizer que, apesar de estarem agrupadas numa lista, a ordem destas ideias é completamente aleatória.

Espero que estas sugestões vos sejam úteis e, quem sabe, a partir destas se lembrem de outras também. Se souberem de alguma dica que tenha sido importante na vossa experiência enquanto pais de gémeos e que achem que possa ser boa também para outros pais, podem comentar neste post ou enviar-me um mail. Terei todo o gosto em partilhar mais ideias, até porque estamos sempre a aprender (e nem sempre nos lembramos de tudo)!
Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)