16 abril 2015

Dress code para gémeos: roupas diferentes ou iguais?


E cá está um post que gostava de já ter publicado há mais tempo, mas como precisava de fotos de roupas que as minhas filhas têm tido para o complementar, demorou mais do que eu queria... Ora, depois de ir ao sótão buscar roupas que já estavam arrumadas por não lhes servirem mais, desempacotar tudo, tentar escolher os melhores conjuntos para mostrar aqui (missão quase impossível, de tanta roupa gira e amorosa que as minhas filhas felizmente têm tido!) e esperar por fins de semana com sol para ter o mínimo de luz para fotografar os conjuntos que escolhi, eis que finalmente este post vê a luz do dia!

[Ainda assim, peço desculpa pela qualidade das fotos. Quando as tirei não estava o tempo excelente que já esteve há uns dias, e que entretanto desapareceu outra vez!]

Quando se fala de bebés e crianças gémeas é inevitável: a imagem que nos vem à cabeça são crianças iguais e vestidas de igual. Isto é tão comum que muitas das vezes oiço "ah! elas não estão vestidas de igual!", umas vezes em tom de elogio (que giro, não estão vestidas de igual!), outras em tom de interrogação (como não estão vestidas de igual??), mas já é normal - às vezes comparo a experiência de ter filhos gémeos a um circo, em sentido figurado claro, e esta é apenas mais uma das atrações deste meu circo ;)

Na opinião de muitos pediatras, os gémeos não devem ser vestidos de igual porque são duas crianças distintas e devem ser vistas exatamente assim, como duas pessoas e não como "extensão" uma da outra. Também defendem que não devemos compará-los entre si e que até é bom e importante separá-los em alguns casos (por exemplo, na escola, matriculá-los em turmas diferentes). Ainda não consegui abraçar esta última teoria: para onde vai uma, vai a outra, mas por agora elas ainda são pequenas, mais tarde logo veremos como será. Em relação às comparações... bem, nós tentamos, mas é difícil não as fazer, numa ou outra situação. Quanto à questão da roupa, concordo plenamente mas também admito que acho muito giro ver irmãos vestidos de igual ou a combinar, e adoro vestir as minhas filhas de igual! Ainda assim, gosto igualmente de as ver com roupas diferentes entre si. Por vezes é um verdadeiro desafio, encontrar peças diferentes que combinem, mas gosto tanto de fazer combinações diferentes, fora do "tradicional" dos gémeos! Não sendo o mais fácil de conseguir, os conjuntos que mais gosto de fazer são os que são diferentes no modelo (por exemplo, vestido para uma e saia com blusa para a outra) mas combinam na cor ou padrão do tecido. Mas como disse, não é a escolha mais fácil... O que acabo por fazer na maioria das vezes são conjuntos iguais, em modelo e padrão, mas com cores diferentes ou então combino peças parecidas das mesmas cores.

Mostro-vos agora algumas roupas das minhas filhotas, umas iguais, outras diferentes. Exemplos de que, mesmo que não se vistam de igual, podem ficar muito giras e a combinar muito bem entre si. Vejam lá se gostam...





Os primeiros vestidos oferecidos por uns amigos às minhas filhas




Os primeiros vestidos de ganga das princesas!







Para terminar, resta dizer que não tenho uma regra estipulada para escolher as roupas das minhas filhas, mas há duas coisas que decidi fazer logo desde o início: intercalar os dias em que as visto de igual e diferente e vesti-las sempre de igual em dias de festa (Natal, aniversários, etc.) para que mais tarde não vejam as fotografias e digam "porque é que eu vesti isto e não o que a mana tinha vestido? gosto mais deste vestido..." - girls will be girls! :) :)
Sigam o E assim sou (mais) feliz! no Facebook e no Bloglovin'

2 comentários:

Obrigada por visitar o blog! Deixe um comentário, é importante para mim saber a sua opinião :) :)